É possível conseguir bons resultados no tratamento em adultos?

O tratamento ortodôntico em adultos não só é possível como tem apresentados resultados excepcionais. Em algumas situações, há necessidade da participação de outras áreas da Odontologia – cirurgia ou prótese, por exemplo – mas a recuperação estética e funcional dos dentes e da face faz com que a terapia ortodôntica realmente valha a pena.

Qual a duração de um tratamento ortodôntico?

Depende de cada caso. A maior parte dos problemas ortodônticos pode ser tratada entre 18 e 30 meses. Na consulta inicial, o ortodontista pode fazer uma estimativa bastante aproximada de cada situação.

Quais os melhores aparelhos: fixos ou móveis?

Aparelhos ortodônticos são recursos que auxiliam o especialista a obter a correção dos dentes e das arcadas. Eles podem ser de muitos tipos, e o profissional deve conhecê-los e dominar seu uso, explicando para o paciente qual a melhor indicação para cada caso.

O uso de aparelhos ortodônticos é dolorido?

Seguramente, não. Hoje, os mecanismos ortodônticos são extremamente avançados e eficientes. As fases iniciais podem causar um pequeno desconforto, que dura apenas poucos dias. A rotina e o dia a dia do paciente que usa aparelhos ortodônticos contemporâneos não sofrem, praticamente, nenhuma alteração.

O que causa os desvios das posições dos dentes e das arcadas dentárias?

Há duas causas básicas. A primeira é que grande parte das más-oclusões(que é como se chamam, tecnicamente, esses problemas) é de natureza hereditária. Por exemplo: pode-se herdar dentes com tamanho desproporcional em relação aos maxilares, resultando em apinhamento por falta de espaço. A segunda origem são problemas causados por perdas de dentes de leite antes do tempo ou hábitos bucais, como chupeta, sucção de dedo ou respiração bucal.